Tag

PMDB

Browsing

Enquanto Henrique Meirelles, que é do PSD, diz que não sabe se será candidato, trata de ir fazendo costuras e abrindo possibilidades. Nesse xadrez, ele fez um movimento no mesmo time do MDB: disse que pode discutir sua candidatura pelo partido do presidente Temer – fato que o faz ganhar manchetes na categoria presidenciável e sair um pouco dos cadernos de economia.
Meirelles sabe que o MDB tem bases regionais fortes e grande abrangência nacional e isso facilitaria um pouco sua vida de candidato. Mas por enquanto o discurso é que tem até 7 de abril para decidir se será ou não candidato.

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

gleisi-e-paulo-bernardo (1)

Ricardo Noblat

Partido roubou R$ 100 milhões do salário de servidores públicos.

Por obra e graça da Lava-Jato, saem de cena, por ora pelo menos, o PMDB e suas falcatruas. Entram novamente o PT e a corrupção nos governos Lula e Dilma.

O presidente interino Michel Temer agradece comovido.

Ele não poderia ter ganhado presente melhor a dois meses do desfecho no Senado do processo de impeachment da presidente afastada.

GB, AF, JL O Globo

d’O Globo

Um dia após o PMDB ter decidido desembarcar do governo por aclamação, a resistência dos ministros do partido em deixar seus cargos provocou embaraços que podem atrapalhar a reforma ministerial que o Palácio do Planalto desejava concluir até o fim da semana para recompor a base aliada e evitar a aprovação do processo de impeachment.

A quarta-feira girou em torno da polêmica sobre a permanência dos seis ministros peemedebistas, depois de o partido ter aprovado moção que desautoriza filiados a exercerem cargos no governo. A ministra da Agricultura, Kátia Abreu — considerada uma das mais governistas no PMDB — polemizou ao dizer que não sairá do ministério, nem do partido. A ministra chegou a propagar a versão de que havia um acordo entre os seis ministros para que tirassem uma licença do partido e, assim, pudessem permanecer no governo. A ideia foi refutada pela cúpula do PMDB, que alega não haver previsão de licença para este caso.

romero-juca2

O Globo

A reunião que confirma o rompimento do PMDB, o maior partido de sustentação da base aliada, com o governo, começou em clima de euforia entre aqueles que defendem o desembarque. Até o momento, os políticos mais alinhados ao governo ou aqueles que ainda tinham dúvidas sobre o momento adequado para dar este passo, não compareceram. O rompimento foi aprovado em três minutos.

requiao _ divulgacao

Pedro Ribeiro, Paraná Portal

O senador paranaense, Roberto Requião (PMDB), acaba de dar sinais de que, efetivamente, vai pendurar as chuteiras. Muito próximo dos 80 anos de idade, acaba de inflamar grande parte da população brasileira, em especial a paranaense, com a atitude insólita de assinar, como único peemedebista, documento – “Reclamação Disciplinar” – elaborado pelos senadores petistas encaminhado ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o juiz Sérgio Moro, coordenador da Operação Lava Jato.

pmdb - curitiba

As sedes da CUT, braço sindical do PT, e do PMDB, base aliada do governo Dilma/Lula, amanheceram pichadas nesta quinta-feira, 17, em Curitiba. “Fora milícia” foi pichado no muro da sede da CUT, que teve sua porta de vidro estourada, possivelmente por uma pedra. Na sede do PMDB de Curitiba, as pichações registraram “Fora Cunha”, “Entreguista” e “Golpe não”.

cut - curitiba

stephanes jr

O deputado Stephanes Júnior (ex-PMDB) assumiu nesta terça-feira (15) o mandato na Assembleia Legislativa em substituição ao deputado Artagão Júnior (ex-PMDB), que assume a Secretaria Estadual de Justiça. “Tive a oportunidade de ser colega dele na legislatura passada e não tenho dúvidas de que será um deputado combatente, em especial neste momento difícil do governo do PT, ao qual ele é um crítico”, disse Pedro Lupion (DEM).

Stephanes e Artagão Junior devem definir até sexta-feira, 19, o destino. Stephanes pode se filiar no PSB ou PSDB. Já o destino mais provável de Artagão é o PSB.

romanelli - alep

O deputado Luiz Claudio Romanelli confirmou nesta terça-feira, 1º de março, seu desligamento do PMDB. “Vou para o PSB, já está confirmado”, disse. Devem acompanhar Romanelli, os deputados Alexandre Curi, Artagão Junior e Jonas Guimarães, além do ex-deputado Stephanes Junior – todos do PMDB. Os cinco deputados vão convocar na próxima semana uma coletiva para expor os motivos da saída do PMDB. Acompanham a filiação dos deputados rumo ao PSB, outros 150 prefeitos, vice-prefeitos e vereadores peemedebistas. Romanelli é um dos fundadores do PMDB do Paraná.

romanelli pmdb

Pedro Ribeiro, Paraná Portal

Presidente do PMDB do Paraná, Roberto Requião não terá o gostinho de expulsar o deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli do partido. De acordo com a assessoria do parlamentar paranaense, Romanelli vai deixar o PMDB e provavelmente assinará com o PSB. Ainda segundo sua assessoria, Requião estaria acabando com diretórios e expulsando peemedebistas históricos, numa perseguição contra os que discordam de suas ações.

requiao filho - pmdb

O deputado Requião Filho perdeu a verve, comum no parlamento paranaense, nos comerciais exibidos pelo PMDB na TV. “Não dá para culpar o mundo pelos erros acontecidos dentro de casa. Primeiro é preciso ter clareza na situação, mostrar que temos plena consciência dos nosso erros. Sem esse encontro com a verdade fica impossível corrigi-los. Vamos reagir à crise com cada um de nós fazendo a sua parte”, defende o filho do senador Roberto Requião (PMDB).

Em tempo, o deputado João Arruda – sobrinho de Requião – não aparece nos comerciais do PMDB. Tampouco Requião, que tem gosto pela telinha, participa do programa do partido.