Tag

prédio

Browsing

renata muggiati 2

da Banda B:

A irmã da modelo fitness Renata Muggiati afirmou que, no dia seguinte a morte, o namorado da atleta, um médico endocrinologista, procurou uma ex-companheira para marcar um encontro.

Tina Muggiati afirmou, durante o programa Tribuna da Massa (Rede Massa) desta quarta-feira (16), que o casal tinha uma relação conturbada e que ele mexeu no Facebook de Renata após ela cair do 31° andar de um prédio no Centro de Curitiba, na madrugada do último sábado (12), em um suposto caso de suicídio.

foto-renata-janela-e1442357839375

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga a morte da fisiculturista Renata Muggiati, trabalha com três hipóteses para o caso:homicídio, suicídio ou indução ao suicídio.

Os advogados Arlindo Fernandes Junior e Paulo Hernani de Menezes Junior, que representam Raphael Suss Marques, médico e namorado da fisiculturista Renata Muggiati, apresentaram a versão do cliente sobre a morte da tricampeã de BofyFitness, que caiu do 31º andar de um prédio na esquina da Visconde do Rio Branco com Comendador Araujo.

O advogado divulgou fotos que mostram outro momento em que Renata, supostamente, ameaçou se jogar da janela do apartamento. Diz que seu cliente fez as fotos para provar à família e ao psicólogo de Renata que ela ameaçava suicidar-se. Fotografar quem ameaça jogar-se do 31º andar é uma estranha forma de cuidar da vítima, comenta uma policial da Delegacia de Homicídios.

Mauro Ricardo Costa.Foto: Valter Pontes

O secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, disse agora há pouco que o pagamento da folha do funcionalismo na próxima sexta-feira, 29, está comprometido e deve atrasar por três dias úteis já que os funcionários da Fazenda estão impedidos de processar o pagamento dos salários. Mesmo que eles consigam entrar no prédio na segunda-feira (25), não haverá tempo hábil para processar todos os mais 285 mil salários pagos pelo Estado, tanto para os servidores ativos quanto para os inativos.

“Todos os pagamentos dos Estado estão comprometidos. Além dos servidores, o fornecedores também estão comprometidos, o que vai acarretar no pagamento de juros e multas por parte do Estado”, afirma Mauro Ricardo.

app - bloqueio fazenda

A APP-Sindicato está afrontando a decisão do juiz Mário Dittrich Bilieri, do Tribunal de Justiça, que determinou que os manifestantes ligados ao sindicato desobstruam o acesso ao prédio onde funciona a Secretária da Fazenda e a Fomento Paraná. De posse de uma lista, a APP só libera a entrada para 12 funcionários da Paraná Fomento. Os funcionários da Secretaria da Fazenda, que ocupam o mesmo prédio, estão impedidos de trabalhar. A afronta da APP pode causar prejuízos a todos os servidores estaduais. A Fazenda, por exemplo, está impedida de fechar a folha de pagamento referente ao mês de maio. Conforme a determinação do juiz, a multa pelo bloqueio é de R$ 20 mil por hora.

app - fazenda

O juiz Mário Dittrich Bilieri, do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu agora há pouco liminar determinando que os manifestantes da APP-Sindicato desobstruam imediatamente o acesso ao prédio onde funciona a Secretária da Fazenda e a Fomento Paraná. A Justiça estipulou multa de R$ 20 mil por hora de descumprimento.

A liminar atendeu um pedido da Fomento Paraná, que alega prejuízos de R$ 1,2 milhão com o bloqueio dos professores.

O magistrado defende o direito de reunião e de expressão dos manifestantes, mas reafirma que esses direitos não podem interferir na liberdade de outras pessoas. “O exercício do direito de manifestação é limitado pelos direitos legítimos de outros indivíduos. Inclusive aqueles decorrentes do exercício da posse”, disse a liminar.

Há dois dias, os manifestantes estão em vigília impedindo funcionários de ingressarem no prédio que fica localizado na Avenida Vicente Machado, 445. Eles manifestam contra o reajuste proposto pelo governo estadual de 5% para o funcionalismo. O grupo acampou no local ainda na terça-feira, montando barracas nas duas entradas do prédio.

Foto: Antonio Nascimento – Banda B predio fazenda - antonio nascimento bandab

da Banda B:

Servidores estaduais dormiram em frente ao prédio da Secretaria da Fazenda, na Av. Vicente de Machado, no Centro de Curitiba. Na manhã desta quarta-feira (20), a Banda B acompanhou a mobilização dos grevistas, que prometem não deixar o local enquanto o Governo Estadual não apresentar uma nova proposta de reajuste salarial.

Ontem (19), representantes dos servidores e do governo se reuniram, mas não chegaram a um acordo. Com isso, servidores de outras categorias se uniram aos professores e ameaçam promover uma greve geral caso o governo não reveja o reajuste proposto, que é de 5,5%. Durante todo o dias, cerca de 30 mil servidores (número dos sindicatos) lotaram a Praça Nossa Senhora da Salete em protesto.

de Rogério Galindo, Caixa Zero/Gazeta do Povo:

Um grupo de vereadores sugeriu nesta terça-feira que a Câmara de Curitiba destine pelo menos R$ 40 milhões do dinheiro que tem em caixa para ajudar a prefeitura a bancar o transporte coletivo da capital. Hoje, a Câmara tem pouco mais de R$ 41 milhões em caixa. A ideia é gastar boa parte desse dinheiro em uma nova sede para o Legislativo. “Peço que pelo menos R$ 40 milhões do FEC sejam destinados ao Transporte e ao pagamento das horas extras da Saúde”, disse o vereador Valdemir Soares (PRB), que assinou um requerimento sobre o tema junto com outros de seu grupo “independente”. São os mesmos vereadores que no ano passado criaram uma dissidência que votou contra o reajuste do IPTU e do ITBI na cidade e que lançaram uma candidatura contra o atual presidente da câmara, Aílton Araújo (PSC).