Tag

prêmio

Browsing

sergio - moro2

Em sua 12ª edição, o Prêmio Faz Diferença elegeu o juiz paranaense Sergio Moro como “personalidade do ano de 2014”. O prêmio, uma iniciativa do jornal O Globo e da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, homenageia brasileiros que protagonizaram acontecimentos emblemáticos ao longo do ano. A premiação será em março no Rio de Janeiro. Leia o que o jornal escreveu sobre o juiz.

Cada vez está mais evidente a proximidade de lideranças do PT com os ex-diretores da Petrobrás, Paulo Roberto Costa e Renato Duque, presos por envolvimento em esquema de desvio de recursos públicos da empresa petrolífera.

O deputado estadual do PT do Rio de Janeiro, Gilberto Palmares, propôs e aprovou títulos de cidadão do Estado aos dois ex-diretores. Segundo nota do Lauro Jardim, Palmares gostava de agradar diretores da Petrobrás.

O primeiro agraciado, em 2008, foi Paulo Roberto Costa. Em 2010, o petista concedeu a mesma honraria ao ex-diretor Renato Duque.

Do Painel, Folha de S. Paulo:

No comando da Lava Jato, Sérgio Moro quer ficar fora dos holofotes. O juiz não deve receber título de cidadão benemérito proposto por um deputado estadual do DEM do Paraná.

Na justificativa para a homenagem, Plauto Guimarães diz que, ao se mostrar “incorruptível”, Moro presta “inestimável serviço como cidadão a todos os brasileiros”. O juiz quer evitar a politização de sua imagem.

copel premio uruguai

Na noite de segunda-feira (10), a Copel recebeu no Uruguai, o prêmio de melhor distribuidora de energia da América Latina. O prêmio foi entregue ao vice-governador Flávio Arns, acompanhado pelo presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, e pelo diretor da Copel Distribuição, Vlademir Daleffe. É a terceira vez nos últimos quatro anos que a Copel recebeu este reconhecimento da Comisión de Integración Energética Regional, principal entidade do setor elétrico no continente. “É uma distinção que consolida a Copel não apenas como a maior e melhor empresa paranaense, mas como um exemplo a ser seguido no setor elétrico em toda a América Latina”, afirmou Flávio Arns.

A Copel concorreu com 34 grandes distribuidoras de 13 países. A avaliação do desempenho é feita através de uma pesquisa de satisfação com os consumidores de energia de todas as empresas.

arns - copel

O vice-governador Flávio Arns recebe hoje (segunda-feira, 10), no Uruguai, o prêmio de Melhor Distribuidora da América Latina para a Copel. “Pela terceira vez em quatro anos, o Paraná é reconhecido por ter o melhor serviço de atendimento com energia elétrica da América Latina”, diz Arns. “O prêmio comprova o excelente serviço prestado pela Copel aos paranaenses”.

Requião malandro

Derrotado nas eleições, sem ao menos alcançar o segundo turno, com uma votação pífia para quem ficou no governo do Paraná por 12 anos, Requião não se conforma. Agora exige a direção geral de Itaipu como prêmio consolação e pelos serviços prestados no segundo turno presidencial para Dilma Rousseff. Pois, pois, ele acredita que foi decisivo para melhorar o desempenho de Dilma no Paraná. Itaipu seria o esteio para reerguer sua banda e participar com estrutura das próximas eleições municipais. Especialmente em Curitiba, onde vê facilidade para vencer o fracativo Fruet.

fernanda richa - comunidade cristã

“Quero agradecer imensamente o título Mulher Cidadã que o Diretório da Mulher do Ministério da Comunhão Cristã, me concedeu nesta tarde. Essa homenagem me enche de orgulho e me motiva ainda mais a seguir trilhando esse caminho que escolhi, que é trabalhar para o bem de todos os paranaenses”, disse Fernanda Richa nesta quinta-feira (23) ao ser homenageada pela comunidade cristã Abba de Curitiba.

copel zimmer -

A Copel é uma das nove empresas do Brasil reconhecidas na 23ª edição do Prêmio Nacional da Qualidade (PNQ) pela excelência da sua gestão. O anúncio foi feito nesta terça-feira (21), em São Paulo, pela Fundação Nacional da Qualidade. A Copel foi eleita destaque no critério Cliente. “É mais um prêmio nacional que comprova o bom atendimento prestado pela Copel aos paranaenses”, disse o governador Beto Richa.

fernanda titulo gif

Na sexta-feira (19), Fernanda Richa tomou posse como Acadêmica Benemérita da Academia de Cultura de Curitiba. A solenidade na sede do Círculo de Estudos Bandeirantes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná empossou novos acadêmicos e acadêmicas efetivos, honorários e juniores da entidade. “Estou honrada em receber essa homenagem e fazer parte de uma associação com objetivos tão nobres. A cultura é, sem dúvida, um instrumento essencial e para a transformação do nosso país. Investir nela é investir no nosso próprio futuro,” diz Fernanda.