Tag

presidente

Browsing

Infográfico: R7 20140922-Voxpopuli-Presidencia

A nova pesquisa Vox Populi mostrou que, em relação ao levantamento anterior, Dilma Rousseff (PT) abriu vantagem na liderança e Aécio Neves (PSDB) se aproximou de Marina Silva (PSB). A vantagem de Dilma para Marina, que era de 9%, agora é de 18%. A vantagem de Marina para Aécio, que era de 12%, agora é de 5%

A pesquisa levou em conta 2.000 entrevistas feitas com eleitores, entre o último sábado (20) e o último domingo (21), em 147 cidades do País. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-00733/2014.

Veja as projeções para o segundo turno.

dilma-marina-aecio - ibope 23.09

Saiu a nova pesquisa Ibope. Em comparação ao levantamento anterior, Dilma Rousseff (PT) subiu de 36% para 38%. Marina Silva (PSB) caiu de 30% para 29%. Aécio Neves manteve o índice de 19%.

A pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela rede Globo. O Ibope ouviu 3.100 eleitores em 296 municípios entre os dias 20 e 22 de setembro. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. O registro no TSE foi feito sob o protocolo BR/00755/2014.

aécio quinta curitiba

O senador Aécio Neves (PSDB) estará nesta quinta-feira, 25, no Paraná. Aécio participa de encontro com lideranças do PSDB, marcado, a princípio, para as 19 horas, no Expotrade, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. Os detalhes da programação ainda não foram divulgados. Nos últimos dias, Aécio tem concentrado suas atividades de campanha nos estados onde possui mais eleitores – São Paulo, Minas e, agora, Paraná. Na primeira visita do ex-governador mineiro ao Estado, no dia 2 de agosto, Aécio fez uma caminhada no calçadão da Rua XV de Novembro, centro da capital, acompanhado de Beto Richa e do senador Alvaro Dias (PSDB). Depois, no dia 5 de setembro, foi a Cascavel, onde se encontrou com lideranças do Oeste no clube Tuiuti Esporte Clube.

aécio neves de volta ao jogo

De Merval Pereira, O Globo:

A campanha do candidato do PSDB, Aécio Neves, vive momento de euforia contida, “muito pé no chão, muito focada”, na definição de um assessor próximo ao candidato.

De volta ao jogo, com planos de atacar a candidata do PSB para recuperar o lugar no segundo turno, a avaliação é que, quando começou o fenômeno Marina, houve uma demora de duas semanas para ele parar de cair, que era a primeira providência para reverter o quadro.

Esse intervalo deu margem a diversos boatos, todos indicando que Aécio poderia até desistir de concorrer.

Em seguida, era preciso diminuir a diferença para Marina, o que aconteceu agora, segundo a pesquisa Ibope divulgada na terça-feira.

Na definição de um assessor, “o que a gente apostava que ia acontecer está acontecendo: diziam que íamos virar nanicos, e paramos de cair; diziam que estávamos estagnados, e apostávamos que voltaríamos a crescer”.

fernando henrique cardosoblog

Do Estadão:

Principal articulador político da candidatura presidenciável de Aécio Neves no PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso usou a derrota que sofreu para Jânio Quadros na disputa pela prefeitura de São Paulo em 1985 para estimular a campanha do aliado, que está estagnado em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. “Eu perdi uma eleição ganha no dia (da votação) para prefeito de São Paulo. Graças a Deus, porque cheguei à Presidência. Talvez não tivesse chegado”, disse FHC, nessa segunda-feira, 15. Quis mostrar que, em se tratando de política tudo pode mudar.

lula 2018

Lula poderia disputar a Presidência da República em 2018. Pelo menos é o que diz a Folha de S. Paulo, em reportagem publicada na noite de ontem, dia 3. Em comício realizado na periferia de Salvador, ele avisou: “”Eles vão ter que se preparar porque eu vou estar vivo e vou estar com muita vontade”. Lula disse que pode disputar as eleições de 2018 para impedir que “aqueles que não fizeram nada em 500 anos voltem para governar”.

Aécio Neves, Marina Silva, eleição 2014, presidente, pesquisa

Do Ilimar Franco, O Globo:

As pesquisas eleitorais do PSDB mostram a candidata Marina Silva (Rede) à frente de Aécio Neves. O Instituto Ideia ouviu cinco mil pessoas, de 27 de março a 5 de abril, para orientar o programa de TV que vai ao ar.

Aécio aparece atrás da presidente Dilma e de Marina, mas está entusiasmado com seu desempenho na classe A, formadora de opinião. Nela, Dilma tem 33,8%; Aécio, 32,8%; Marina, 22,6%; e Eduardo Campos (PSB), 7,1%.

Na classe C, maioria do eleitorado (57%), Aécio tem 11% (C1) e 8,4% (C2); Eduardo, 2,7% e 3,4%; Marina, 17% e 14,7%; e Dilma, 59,6% e 63,2%. Hoje, nem a presença de Campos (PSB) levaria a disputa para o segundo turno.

Cid Gomes, PSB, Eduardo Campos, 2º turno, eleição 2014, presidente, candidato

Do Felipe Patury:

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, deve forçar um segundo turno na eleição presidencial no ano que vem, se mantiver sua candidatura pelo PSB. A avaliação é de seu correligionário Cid Gomes, governador do Ceará. “Sem Eduardo Campos, a chance de ter segundo turno é de 10%. Com ele, sobe para 70%”, diz. O líder cearense reconhece a legitimidade da intenção de Campos, diz que o partido deve ter como objetivo conquistar o Planalto, mas defende que a candidatura do governador de Pernambuco seja postergada para 2018. Com esse adiamento, os socialistas poderiam aumentar suas bancadas na Câmara e no Senado e se preparar melhor para uma campanha presidencial.