Tag

presos

Browsing

da Gazeta do Povo:

Todos os auditores fiscais que ocuparam o cargo de inspetor geral de fiscalização na Receita Estadual durante o primeiro mandato do governador Beto Richa (PSDB) foram presos, nesta quarta-feira (10), pelo Gaeco, em Londrina ou em Curitiba, na segunda fase da Operação Publicano.

Confira o nome e a profissão de todas as pessoas presas até o momento:

Foto: Heuler Andrey/Metro Curitiba foto - metro curitiba

Acusado de ser o operador do PMDB no esquema, Fernando “Baiano” afirma que convivência com companheiros de pavilhão é boa.

de Felipe Vanini, Gazeta do Povo:

Os 13 presos da operação Lava Jato que estavam dentro das instalações do Complexo Médico-Penal de Pinhais na tarde desta quinta-feira (23) responderam de modo diferente a uma vistoria da Coordenação Nacional de Acompanhamento do Sistema Carcerário do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, da qual a Gazeta do Povo participou.

Enquanto alguns personagens envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras, como Renato Duque, ficaram em suas camas deitados ou sentados, envoltos num ar de melancolia e sem relatar como é a vida dentro da prisão, outros foram abertos e contaram sobre a rotina de isolamento.

Editorial, Estadão:

Na semana passada, o coordenador da força-­tarefa da Operação Lava Jato, procurador da República Deltan Dallagnol, e mais oito procuradores federais propuseram à Justiça Federal do Paraná 5 ações de improbidade administrativa contra 6 grupos econômicos e 28 executivos por danos à Petrobrás, no âmbito do chamado petrolão. Argumentam os procuradores que “empresas corrompem porque os benefícios são maiores do que os custos”. Envolvem­-se em esquemas de corrupção, portanto, com base em uma “decisão racional”. Em outras palavras: o crime compensa.

r. pessoa

Os onze executivos envolvidos na sétima fase da Operação Lava Jato completam hoje três meses de prisão na carceragem da PF em Curitiba. Além deles, o doleiro Alberto Youssef e Fernando Antônio Falcão Soares, o “Baiano”, também dividem celas no local. O ex-presidente da OAS Léo Pinheiro perdeu 9 quilos e Ricardo Pessôa, da UTC, perdeu oito quilos. As informações são da Folha de Londrina e de Felipe Patury/Época.

policiafederal_cuiaba_346

Do G1:

Com a prisão decretada pela Justiça por suspeita de fraudar lotes da União destinados à reforma agrária, os dois irmãos do ministro da Agricultura, Neri Geller, se entregaram à Polícia Federal na noite desta quinta-feira (27) e foram encaminhados, por volta de 22h [23h no horário de Brasília] para o Centro de Custódia de Cuiabá, localizado nos fundos do Centro de Ressocialização da capital, antigo presídio do Carumbé. Milton e Odair Geller passaram a noite na prisão, como confirmou o diretor da unidade, Isaías Marques de Oliveira. Dos 52 mandados, haviam sido cumpridos 30 até o final da noite de ontem, segundo a Polícia Federal.

operação lava jato - polícia federal

Parte dos acusados na operação Lava Jato presos na última sexta-feira (14) pela PF ganharam o apelido de ‘Os Trouxinhas’. Agentes da PF que prenderam os executivos das empreiteiras surpreenderam-se com a previsibilidade dos alvos. Alguns deles tinham mala pronta para a ocasião. Segundo a coluna Explanada, um rumor no dia anterior já havia alertado boa parte dos investigados que as prisões iriam ocorrer, traduzindo, a operação “vazou” e perdeu o efeito surpresa.