Tag

pronunciamento

Browsing

dilma - tv.1

Assim como fez no Dia do Trabalhador, a presidente Dilma Rousseff vai usar as redes sociais para fazer seu pronunciamento no Dia das Mães, no próximo domingo, dia 10. Alvo de panelaços em diversos Estados durante o Dia Internacional da Mulher, a presidente tem evitado discursar em cadeia nacional. Dois anos atrás, antes de sua popularidade despencar, Dilma optou por falar no rádio e na TV nas três datas. As informações são de Veja.

No ano passado, ela falou em cadeia nacional nos dias da Mulher e do Trabalhador, mas limitou-se a usar o Twitter no Dia das Mães. Para não se expor a protestos, Dilma decidiu este ano também não aparecer nesta terça-feira no programa partidário do PT na televisão, segundo o jornal Folha de S. Paulo – ainda não está definido se imagens da presidente serão exibidas, mas não haverá um depoimento dela. Movimentos de oposição à presidente organizam um novo panelaço durante a exibição do programa partidário do PT, a partir das 20 horas.

normal

Já se sabia que qualquer palavra dita pela presidenta Dilma Rousseff neste momento delicado do país corria o risco de cair no vazio. Mas, o som de batidas nas panelas que se ouviu em diversos bairros de São Paulo –e em outras cidades do país, como Rio de Janeiro, Brasília e de Belo Horizonte– durante o anunciado pronunciamento em cadeia nacional pelo Dia Internacional da Mulher, na noite deste domingo, revelou o tamanho do mau humor de parte da população da cidade mais rica do país com a mandatária. Dilma apareceu em rádio e televisão exatamente para defender que o país está passando por “problemas temporários”, para alcançar “soluções permanentes”.

Em seu discurso, a presidenta defendeu que o Brasil passa por um momento diferente, “do que vivemos nos últimos anos. Mas nem de longe vivemos uma crise nas dimensões que dizem alguns. Passamos por problemas conjunturais, mas nossos fundamentos continuam sólidos”, afirmou.

“Você tem todo o direito de se irritar, e de se preocupar. Mas lhe peço paciência”.

Veja, no leia mais, o pronunciamento na íntegra.

Foto: George Geanni aecio -2

A oposição reagiu com rapidez ao pronunciamento da presidente Dilma Rousseff na noite deste domingo (8). O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves (MG), disse que a petista “inventa bodes expiatórios” e mente para a população. Para Aécio, a única parte do pronunciamento em que é possível dar razão a Dilma é quando ela diz que os brasileiros têm o direito de se “irritar e se preocupar”. “A presidente tem razão num ponto: os brasileiros estão irritados e preocupados. E sabem bem com o quê e com quem.” As informações são da Folha de S. Paulo.

Em nota, o tucano disse que Dilma “terceiriza responsabilidades que são exclusivamente do governo dela e fornece um enredo irreal à população”. Ele ironizou o pedido de união feito pela petista: “Apenas quem é capaz de admitir seus erros, buscar o diálogo e respeitar as diferenças, é capaz de apontar novos caminhos e liderar um consenso. Não é o caso da presidente.” Aécio disse que, “ao contrário do que foi dito”, o ajuste imposto “penaliza mais os mais fracos e mais pobres”.

DILMA RECEBE PRIMEIRO-MINISTRO FRANCÊS NO PLANALTO

Desfaçatez. O pronunciamento da presidente Dila Rousseff, hoje, na TV, por conta do Dia Internacional da Mulher, foi um amontoado de slogans petistas, mentiras de burocratas, falsetas de financista sem formação, engodos de propaganda chinfrim. Enfim, um discurso eivado de politicagem de palanque eleitoral em que Dilma se prestou a tentativa de enganar, mais uma vez, a população. Veremos, no dia 15, dia de manifestações em todo o país pelo impeachment de Dilma, teremos uma ideia de a quantas anda paciência dos brasileiros com seu governicho e sua turma.