Tag

pública

Browsing

sesp - org.

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Fernando Francischini, anunciou nesta quinta-feira (8), a criação de centro de monitoramento integrado de imagens que ajudará na inteligência para desmembrar o crime organizado no Estado. A operação contará com sistemas do governo do estado e de municípios. “É uma determinação do governador Beto Richa a integração da Secretaria de Segurança Pública com os municípios do Paraná, bem como a criação de um sistema de monitoramento de câmeras para auxiliar o trabalho da polícia”, disse Francischini. As imagens vão ajudar, por exemplo, a combater assaltos, roubos de carros e as quadrilhas que agem em caixas eletrônicos.

O Portal Saúde da prefeitura de Maringá recebeu, na segunda-feira (1), o 2º Prêmio Gestor Público Paraná. Lançado no ano passado, o Portal reúne informações sobre os pacientes como resultados de exames, carteira de vacinação e histórico médico. A ferramenta possibilita o acesso aos dados pela internet em qualquer local do mundo com acesso à internet, inclusive em aparelhos portáteis como o celular. O Portal é uma referência nacional e serve de modelo para a implantação do Cartão Nacional do Sistema Único de Saúde.

defensoria publica

Começa nesta quarta-feira, 5, uma força-tarefa para atender os presos provisórios e condenados das comarcas de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão e Londrina. O trabalho, que prossegue até o dia 21, faz parte do projeto “Defensoria Pública Sem Fronteiras” do Colégio Nacional dos Defensores Públicos Gerais, em parceria com a Defensoria Pública do Paraná.

Governador Beto Richa, retratosFoto: Ricardo Almeida/ANPr

O governador Beto Richa (PSDB) determinou nesta segunda-feira (20) um corte de 30% nas despesas de custeio do Estado entre os meses de outubro de 2014 e janeiro de 2015. As medidas para efetivar a economia abrangem todos os órgãos da administração direta e indireta cujos gastos sejam custeados pelo Tesouro Estadual.

Uma resolução conjunta, assinada pelos secretários Luiz Eduardo Sebastiani (Fazenda) e Dinorah Botto Portugal Nogara (Administração e Previdência), indica que redução das despesas deve ocorrer em serviços de energia, água, telefonia, reprografia, correios, vigilância, limpeza e conservação, diárias, passagens terrestres e aéreas, combustível e manutenção de veículos e compra de materiais de consumo e permanente.