Tag

segurança

Browsing

richa-helicóptero

O governador Beto Richa anunciou nesta segunda-feira (4) o início dos trabalhos do Grupamento de Operações Aéreas na Divisão de Narcóticos da Polícia Civil do Paraná. Richa anunciou ainda a compra de mil viaturas e a locação de outras 200 para as forças de segurança. “Estamos oferecendo melhores condições de trabalho às polícias com novos equipamentos e viaturas. É o mínimo que o Estado tem que fazer diante de tanta dedicação e resultados extraordinários apresentados pelas forças de segurança”, ressaltou o governador.

A aeronave do grupo aéreo é um modelo Robinson R44, avaliada em mais de R$ 1 milhão. Possui autonomia de três horas de voo e capacidade para até quatro pessoas. O helicóptero foi apreendido em julho de 2015 na Operação Ferrari da Polícia Federal que desarticulou uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas e com patrimônio estimado em R$ 40 milhões.

(foto: Pedro Ribas/ANPr)

wagner mesquista secretário1 - Cópia

Fernando Francischini encerrou reunião há pouco com o governador Beto Richa e entregou sua carta de demissão do cargo de Secretário de Segurança Pública do Paraná. Em seu lugar fica, por ora, o delegado da Polícia Federal Wagner Mesquita de Oliveira, que já estava na Secretaria de Segurança, na equipe de Francischini, no setor de inteligência. Por enquanto, assume na condição de interino.

– Foto de Wagner Mesquita de Oliveira: Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

francischini e xavier

Fonte de altíssimo coturno informa o blog que consumou-se a saída de Fernando Francischini da Secretaria de Segurança Pública. O substituto ainda não está definido. A mudança deve se estender na Segurança Pública e alcançar o comandante da Polícia Militar, coronel César Kogut.

Sai também o secretário de Educação, Fernando Xavier. Seu substituto também não foi definido.

Há outras mudanças previstas. Estuda-se a extinção de secretaria, como inicio do processo mais rigoroso do corte de gastos na administração direta.

facebook - reprodução-1

de Estelita Hass Carazzai, na Folha de S. Paulo:

O secretário de Segurança do Paraná, Fernando Francischini, gosta de falar em público e dar entrevistas. Mas desde a operação policial que deixou feridos em um protesto de servidores, na quarta (29), ele anda calado.

Deputado federal licenciado e delegado da PF, Fransischini, 45, usa o mote “tolerância zero”. Assumiu a pasta a convite do governador Beto Richa (PSDB) em dezembro e, como ex-PM, ganhou apoio da corporação.

Após os protestos, porém, virou alvo dos manifestantes. “Quero saber se vai cair o secretário que mandou nos agredir”, gritavam servidores na sexta-feira (1º).

Nas redes sociais, em que costuma se comparar ao Batman e elogiar o trabalho das polícias, sua última aparição foi no dia 28 –véspera da operação em Curitiba.

sec. rj e sec. pr

O governador Beto Richa recebeu nesta terça-feira (13), no Palácio Iguaçu, o secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame. Ele veio ao Paraná para conhecer o programa de segurança e discutir parcerias para intensificar as ações de combate ao tráfico de drogas e armas na região de fronteira com o Paraguai e Argentina.

“É mais fácil evitar o contrabando na entrada do que já inserido nos grandes centros. Estamos fazendo uma parceria com o Paraná para atuarmos com inteligência policial na nossa fronteira. Com isso, vamos conseguir melhorar os indicadores de segurança em todo o Brasil”, disse o secretário.

sesp - org.

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Fernando Francischini, anunciou nesta quinta-feira (8), a criação de centro de monitoramento integrado de imagens que ajudará na inteligência para desmembrar o crime organizado no Estado. A operação contará com sistemas do governo do estado e de municípios. “É uma determinação do governador Beto Richa a integração da Secretaria de Segurança Pública com os municípios do Paraná, bem como a criação de um sistema de monitoramento de câmeras para auxiliar o trabalho da polícia”, disse Francischini. As imagens vão ajudar, por exemplo, a combater assaltos, roubos de carros e as quadrilhas que agem em caixas eletrônicos.

unnamed

Em 2015, o orçamento da área de segurança pública do Estado será de R$ 3,1 bilhões. O volume de recursos aumentou 185% em quatro anos – era de R$ 1,1 bilhão em 2010. O reforço é fruto das ações planejadas com o programa Paraná Seguro.

Desde o lançamento do programa, em 2011, um expressivo contingente policial ingressou nas forças de segurança do Estado. São quase 10 mil contratações para ampliar o efetivo das polícias Civil e Militar, e também da Polícia Científica.

Outra medida adotada para revitalizar o sistema de segurança paranaense é a implantação do subsídio para as polícias, em 2012. A iniciativa elevou em 50% o salário de entrada da Polícia Militar e em 77% a remuneração básica do investigador da Polícia Civil.

francischini - posse

O deputado federal Fernando Francischini (SD) será empossado hoje como novo Secretário de Estado da Segurança Pública do Paraná. A solenidade de posse será realizada a partir das 16h, no auditório Poty Lazzarotto do Museu Oscar Niemeyer.

Francischini foi escolhido pelo governador Beto Richa (PSDB) para comandar a pasta em seu segundo mandato. O novo secretário assume antes devido ao planejamento da Operação Verão e da reestruturação da Sesp.

secretariado - richa - francischini, paulino, michele

Pois, pois, temos duas novidades e três repetições. Mauro Ricardo será o secretário da Fazenda. Importado da Bahia, embora seja produto de São Paulo, terá a difícil missão de organizar a economia depois da passagem de Luiz Carlos Hauly pelo cargo.

Fernando Francischini será o secretário de Segurança Pública, cargo que almeja desde o primeiro governo de Richa. Substitui Leon Grupenmacher.

Os outros três são mais dos mesmos. Michele Caputo fica na Saúde; Norberto Ortigara, na Agricultura; e Paulino Vaiapiana na Cultura.