Tag

segurança

Browsing

leon - sec

Os secretários Leon Grupenmacher (Segurança) e Maria Tereza Uille Gomes (Justiça) vão propor ao governador Beto Richa (PSDB) a incorporação dos agentes penitenciários ao sistema de segurança do Estado. Assim, os profissionais que cuidam dos presídios poderão interagir diretamente com as forças policiais. Se aceita, a medida valeria a partir de 2015. Hoje, os agentes fazem protesto, reivindicando mais segurança nas prisões e até a criação de uma secretaria específica para o sistema penal. Outra medida em estudo é a revisão da carga horária dos agentes para que mais profissionais fiquem dentro das unidades. Desde 2010, a categoria tem dois dias de folga para cada dia trabalhado.

Da Banda B:

Uma confusão na casa noturna Rancho Brasil, que fica na Avenida das Torres, no bairro Uberaba, em Curitiba, terminou na morte de um segurança e na apreensão de um adolescente de 17 anos. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (28) após o garoto atirar contra dois seguranças da casa. Houve perseguição policial e o adolescente capotou o veículo em que estava. Uma pistola 380 foi apreendida com ele. O segurança Roberto Adão Delfino Sobrinho não resistiu aos ferimentos e morreu às 6h20, após ser internado no Hospital Cajuru; já Diego Wilson dos Reis está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em estado gravíssimo.

Foto: Juliano Cunha/ Banda B didi banda B

Um dos temas recorrentes na campanha eleitoral é a Segurança Pública. A oposição sabe que falar mal da polícia mexe com o imaginário popular e pode render simpatias do tipo que transforma o cronista de rádio de programas policiais em herói de grande audiência. A Polícia sempre leva pauladas e não merece um elogio nem quando consegue prender o mais importante traficante de drogas nesta área do planeta. A quadrilha foi desbaratada. Para realizar a operação, a Polícia mobilizou vários de seus órgãos. Mas continua a levar pau.

rebeliao - foto gazeta

Da Gazeta do Povo:

Presos da Penitenciária Estadual de Piraquara II (PEP II) iniciaram uma nova rebelião por volta das 7h45 desta terça-feira (16). Segundo a Polícia Militar (PM), 60 detentos participam do motim e mantêm dois agentes penitenciários como reféns. Por volta das 10h50, os amotinados tomaram conta do telhado da unidade.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen) informou que o movimento ocorre no terceiro bloco da penitenciária, o mesmo onde aconteceu a última rebelião na unidade, na sexta-feira (12) e que durou até a tarde de sábado (13). Desta vez, o motim, que toma conta das galerias 9 e 10, começou na hora da entrega do café da manhã, na 9ª galeria. Os presos conseguiram abrir algumas das celas e detiveram os agentes quando estes entraram para entregar as refeições.

rossoni

O governo Beto Richa implantou o maior programa de segurança pública da história do Paraná. Agora ele ganhou um reforço com o Centro Integrado de Comando de Controle (CICC), que foi utilizado durante a Copa do Mundo em Curitiba e agora é oficialmente do Estado. “O que o governo faz é prioridade exigida pela população. Daí o esforço do governador para deixar nossa população mais segura e tranquila”, disse o deputado estadual Valdir Rossoni.

O CICC fará monitoramento com vídeo e radiocomunicação e será usado principalmente nas fronteiras e divisas. Isso vem complementar o que foi feito até agora no setor. Foram adquiridas quase 1.500 viaturas, além de investimento em inteligência e compra de equipamentos. Hoje o efetivo da PM conta com 21.213 homens, sendo que 10 mil foram contratados de 2011 para cá.

O senador Aécio Neves é parceiro também nesta preocupação. Ele revelou, entre outras coisas, que não vai ficar omisso com a questão fundamental da vigilância nas regiões fronteiriças. Tanto que tem um programa para combater a criminalidade e o tráfico de drogas e armas e defende uma parceria entre União e estados para ações articuladas.

beto seguranca

Apesar da senadora Gleisi Hoffmann (PT) atacar o programa Paraná Seguro, o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) afirmou em dezembro que o programa, com crédito de R$ 152 milhões a ser contratado, vai atender 150 mil jovens e será “a primeira operação de investimento em segurança cidadã no Brasil com financiamento internacional”. Nessa semana, o Senado aprovou o pedido de empréstimo ao Paraná e sua liberação depende agora somente da chancela da Secretaria do Tesouro Nacional.

“Com apoio de um crédito do BID de US$ 67,2 milhões, o Paraná realizará um ambicioso programa de reforma policial em conjunto com a implementação de ações de prevenção social precoce da violência para jovens em situação de risco. As reformas policiais pretendem contribuir para maior eficácia e capacidade na prevenção e dissuasão de delitos e as iniciativas com os jovens procuram promover atividades socioeducativas para a reabilitação e reinserção social de adolescentes em conflito com a lei”, diz matéria postada no site do banco.

O Programa Paraná Seguro é a primeira operação de investimento no setor de segurança cidadã em que um governo brasileiro solicitou financiamento internacional, indicando um reconhecimento do valor agregado do banco e a prioridade atribuída ao setor de segurança cidadã nos três níveis de governo do Brasil.

Da Folha de S.Paulo:

O governo de São Paulo vai pagar um bônus semestral de até R$ 10 mil para os policiais de todo o Estado que conseguirem reduzir os índices de criminalidade nas suas áreas.

O pagamento começará a ser feito em 2014 –a partir dos resultados medidos no segundo semestre deste ano.

A medida é parte de um pacote que será anunciado hoje pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) contra a alta de indicadores de violência.