Tag

site

Browsing

site - lavajato

O Ministério Público Federal (MPF) criou um portal – http://lavajato.mpf.mp.br/ – da Operação Lava Jato que permite que qualquer cidadão acompanhe o que está sendo feito. O site explica que a roubalheira na Petrobras já dura 10 anos – desde o primeiro mandato do presidente Lula (PT) e que grandes empreiteiras organizavam um cartel de propina que abastecia empresários e políticos com capital da estatal.

Com o nome de “MPF combate à corrupção – Caso Lava Jato”, o site possibilita entender sobre a operação, acompanhar a atuação da Justiça, além de ceder novas informações sobre o caso e envolvidos. Também há uma série de perguntas e respostas, que vão desde o que é um doleiro, até sobre o processo de uma colaboração premiada.

Em vídeo postado no WhatsApp, o senador Aécio Neves (PSDB) alerta os militantes tucanos e simpatizantes da sua candidatura presidenciável e avisa que a baixaria do PT de Dilma Rousseff (PT), com ataques e mentiras, já corre solta nas redes sociais. Aécio pede que o eleitor acesse Aécio de verdade para ver as respostas aos ataques petistas.

roberto requiao site

O site de campanha do senador Roberto Requião (PMDB) deverá ficar 96 horas (quatro dias) fora do ar sem propaganda e ainda retirar conteúdos considerados irregulares pela Justiça Eleitoral. Ao todo foram duas decisões que determinaram que o acesso ao site fosse suspenso por 48 horas.

O juiz auxiliar Guido José Döbeli, do TRE-PR, determinou a suspensão do acesso a todo conteúdo informativo do site de Requião por 48 horas, sob pena de multa de R$ 20 mil por dia de descumprimento. Seguido do bloqueio do site, o candidato deve retirar informações que associem a suposta desistência de ações judiciais contra concessionários do pedágio ao recebimento de R$ 3 milhões das mesmas empresas para financiamento de campanha do governador Beto Richa (PSDB).

direito de resposta beto2

Por ordem da Justiça, Roberto Requião foi obrigado a ceder espaço em seu site para um direito de resposta do governador Beto Richa.

O texto de de Beto Richa, que ocupa espaço na primeira página e em página interna do site de Requião, ficará no ar por 48 horas. Requião havia afirmado que o governo do Paraná havia desistido de ações judiciais para favorecer concessionárias de rodovias. O direito de resposta restabelece a verdade: “Mente quem afirma que o estado desistiu das ações de pedágio. (…) Beto Richa não autorizou que houvesse desistência de qualquer destas ações judiciais, conforme maliciosamente alegado por este site de campanha”.

Requião terá de ceder, por determinação do TRE, um segundo espaço para direito de resposta em seu site, por divulgação de inverdades. Em nota em sua página na internet, Requião acusou Richa de frear o desenvolvimento de Campo Largo, ao permitir que a Tritec Motors, que produzia motores flex, deixasse a região.

O episódio da Tritec ocorreu em 2008, época em que o governador era o próprio Roberto Requião. Richa, então prefeito de Curitiba, nada teve a ver com o ocorrido.

gif site gleisi

O site de Gleisi Hoffmann (PT) vazou na internet e já pode ser navegado. Gleisi esquece seu partido (cor vermelha, bandeira, estrela), mas traz a presidente Dilma Rousseff (PT) na sua capa de abertura, junto com o vice, o médico Haroldo Ferreira (PDT) e uma série de imagens de pessoas com o mote “mudar é olhar pra frente”. Internamente as cores pendem para tons de roxo e rosa. Há quase um mês do início da campanha, a petista ainda não conseguiu colocar seu site de campanha no ar, apesar do vazamento nas redes sociais. O banco de imagem usado por Gleisi também está disponível para venda na internet.