Tag

total

Browsing

O esquema de desvio de dinheiro e pagamento de propina na Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato, é ainda maior do que o esperado. De acodo com o delegado da Polícia Federal (PF) Igor Romário de Paula, um dos responsáveis pela investigação, a corrupção na estatal pode chegar a R$ 19 bilhões – um laudo será divulgado na próxima semana para ratificar o valor. As informações da Gazeta do Povo com jornal O Globo.

Diante das denúncias de Alberto Youssef sobre o repasse de dinheiro desviado da Petrobras para a senadora Gleisi Hoffmann (PT) através de Michel Gelhorn, diretor de Marketing do Shopping Total, a diretoria do Shopping emitiu nota na qual refuta as acusações do doleiro. É o que segue:

“Com respeito a informações veiculadas citando os nomes do Shopping Total e seu diretor de marketing, Michel Gelhorn, em suposto depoimento do Sr. Alberto Youssef na Polícia Federal, a diretoria do Shopping Total apresenta os seguintes esclarecimentos:

O Shopping Total e seus sócios jamais fizeram qualquer doação para a campanha eleitoral da Senadora Gleisi Hoffmann;

O Shopping Total e seus sócios jamais tiveram qualquer tipo de relacionamento com o Sr. Alberto Youssef;

mi

O jornal Folha de S. Paulo, na edição desta quinta-feira, 6, revelou que o empresário Michel Gelhorn (foto), dono do shopping Total de Curitiba, foi o intermediário na entrega de R$ 1 milhão para Gleisi Hoffmann (PT) utilizar na sua campanha ao Senado em 2010. O uso do dinheiro não está na prestação de contas da campanha da petista. Segundo o jornal, o doleiro Alberto Youssef disse em depoimento ao Ministério Público Federal que deu R$ 1 milhão à campanha que elegeu Gleisi ao Senado.

Segundo o doleiro, o montante foi entregue em quatro parcelas, em espécie, a Michel Gelhorn. Três das parcelas foram entregues no próprio shopping, de acordo com Youssef. O depoimento do doleiro foi prestado aos procuradores que atuam na Operação Lava Jato, no acordo de delação premiada que ele fez.

urna tt

Do G1:

Cerca de 142,5 milhões de eleitores devem ir às urnas neste domingo (5) em todo o país para escolher o próximo presidente da República, além de governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais e distritais (entenda qual é o critério para a eleição de um deputado).

Na eleição mais informatizada do planeta, serão utilizadas cerca de 530 mil urnas eletrônicas, o que permitirá que o resultado final da eleição seja conhecido cerca de três horas após o encerramento da votação – o número total de máquinas de votação inclui os equipamentos extras disponibilizados para a eventualidade de algum dispositivo quebrar.