Tag

transporte coletivo

Browsing

brunopessuti1

A determinação do TCE para que a Urbs reveja 14 itens da planilha do transporte coletivo de Curitiba foi destaque ontem na sessão da Câmara de Vereadores de Curitiba. Na opinião do vereador Bruno Pessuti (PSC), a decisão confirma os resultados apurados pela CPI do Transporte Coletivo realizada entre junho e novembro de 2013. Pessuti foi o relator da comissão. Com informações do Bem Paraná.

fruet1-470x313

Com conhecidas dificuldades para tomar decisões, o prefeito Gustavo Fruet tem passado dias de angústia e nervosismo extremos. Além de encarar uma greve do transporte coletivo, que paralisou a cidade por dois dias, tem que decidir sobre o percentual de reajuste dos ônibus e sobre a questão da integração do sistema de transporte coletivo da Região Metropolitana de Curitiba.

fruet
Queda de braço entre governo e prefeitura opõe Fruet e Ratinho Jr – prováveis adversários na disputa municipal

Via Bem Paraná

A um ano e dez meses antes da eleição, o transporte coletivo já motiva nova queda de braço entre os grupos políticos do governador Beto Richa (PSDB) e do prefeito Gustavo Fruet (PDT) – em uma antecipação daquele que deve ser um dos principais temas da disputa pela sucessão na Capital. E coloca em confronto direto o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e deputado estadual eleito, Ratinho Júnior (PSC) e Fruet, o atual prefeito, em decadência – que desde já são apontados como prováveis adversários nas urnas de 2016.

Em entrevista hoje (segunda-feira, 11) ao jornal Metro, o senador Roberto Requião (PMDB) voltou a afirmar que vai acabar com o subsídio ao transporte coletivo de Curitiba e Região Metropolitana. “Todos sugerem que o Estado subsidie o transporte. Essa questão tem que ser enfrentada com coragem. Ficam falando em subsídio, não tem pé nem cabeça isso. A redução vem com a planilha, não com dinheiro público”.

Já é a segunda vez que Requião se coloca ser contra o subsídio do governo do Estado à tarifa de ônibus de Curitiba e região metropolitana. No dia 25 de julho, em entrevista a rádio Banda B, Requião disse ser contrário ao subsídio que
garantiu a redução da tarifa do ônibus e a integração em 14 cidades da RMC: Curitiba, Almirante Tamandaré, Pinhais, São José dos Pinhais, Araucária, Contenda, Colombo, Campo Largo, Campo Magro, Bocaiúva do Sul, Rio Branco do Sul, Itaperuçu, Piraquara e Fazenda Rio Grande. O sistema transporta 2,3 milhões de passageiros em 355 linhas numa frota de 1.920 ônibus.