Tag

val marchiori

Browsing

val1-2 - Zanone Fraissat folhapress

da Folha de S. Paulo:

A socialite Val Marchiori, amiga do presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, obteve autorização do Banco do Brasil –quando o executivo presidia a instituição– para usar parte de um financiamento de caminhões para comprar um carro de luxo.

Conforme a Folha revelou, o BB driblou regras internas para conceder R$ 2,79 milhões à Torke Empreendimentos, empresa registrada em São Paulo pela socialite.

Os recursos, do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), eram subsidiados pelo governo a juros de 4% ao ano.

Em abril de 2013, o BB aprovou limite de crédito de R$ 3 milhões para a Torke para a compra de cinco caminhões. Em agosto, o BB liberou o dinheiro, mas o valor da aquisição ficou abaixo do limite, em R$ 2,79 milhões.

val1-2 porshe1 - daniloverpa folhapress

Segundo documentos obtidos pela Folha, meses depois, Marchiori pediu para ampliar e usar o valor restante do limite de crédito, em torno de R$ 200 mil, para comprar um carro de passeio.

Em fevereiro de 2014, o BB aprovou o pedido, e a socialite comprou um Porsche Cayenne S 2014 branco, avaliado em R$ 400 mil. Apenas o IPVA deste ano ficou em R$ 14.114.

val marchiori1

Val Marchiori, a paranaense mais famosa no momento, e o marido, Evaldo Ulinski, prestaram depoimento à Polícia Federal na segunda-feira (23). A PF investiga se houve ilegalidade em um empréstimo de R$ 2,7 milhões feito em 2013 pelo Banco do Brasil à empresária, que é amiga de Aldemir Bendine, então presidente do banco e atualmente no comando da Petrobras. O advogado da socialite, José Luis Oliveira Lima, diz que ela entregou documentos à PF que provariam “a legalidade” de seus negócios. Como o inquérito é sigiloso, ele diz que não pode comentar o teor do depoimento de Marchiori. As informações são de Mônica Bergamo na Folha de S. Paulo.

bb e val -

Quando Aldemir Bendine, atual presidente da Petrobras, comandava o Banco do Brasil, o banco comprou anúncios na Rede TV! para serem exibidos no horário em que a socialite Val Marchiori tinha um quadro no Programa Amaury Jr.. A publicidade custou R$ 350 mil ao ano e durou apenas enquanto Val Marchiori trabalhou no programa, entre 2010 e 2011. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

unnamed

O presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, deu carona para a socialite Val Marchiori e mais dois amigos num jato a serviço do Banco do Brasil na época em que era o presidente do banco, segundo o depoimento de um ex-vice-presidente do BB ao Ministério Público Federal. Bendine e o então vice-presidente da área internacional do banco, Allan Toledo, viajaram para Buenos Aires em missão oficial em 20 de abril de 2010, para concluir a aquisição do Banco da Patagonia. As informações são da Folha de S. Paulo.

unnamed

O novo presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, deixa o comando do Banco do Brasil (BB) com aposentadoria calculada com base no salário mensal de 62,4 mil reais, embora as associações de funcionários e aposentados do maior banco do país sejam contrárias ao que chamam de “aposentadoria cheia” – na qual se somam aos vencimentos benefícios como férias e vale-alimentação. Bendine ficou famoso por ter dado empréstimo de R$ 2,7 milhões para a socialite brega Val Marchiori, que ofereceu como garantia a pensão alimenticia dos filhos.

val - marchiori

de Sonia Racy, Estadão:

Depois de ter sido pivô de uma polêmica que quase custou o cargo de Aldemir Bendine na presidência do Banco do Brasil (relembre aqui), no ano passado, a socialiate e apresentadora de TV Val Marchiori diz desejar sorte ao novo presidente da Petrobrás. “Que ele consiga acabar com a corrupção lá dentro. E seja forte pra combater todo o mal feito à empresa”, disse ela após ser informada pela coluna sobre o novo cargo do executivo.

val

Pois, pois, a Val Marchiori não cabe em si de alegria desde que cresceu a boataria de que Aldemir Bendine vai presidir a Petrobras em substituição a Graça Foster. Bendine é homem da confiança de Dilma Rousseff e mui amigo da Val, a socialite brega de Apucarana, tão esperta, mas tão esperta e cheia de graças e curvas, que conseguiu um empréstimo no Banco do Brasil de R$ 2,7 milhões. Como garantia, Val ofereceu a pensão alimentícia dos filhos. O presidente do Banco do Brasil era Aldemir Bendine, com quem Val se encontra, por mera coincidência, em hotéis no exterior que hospedam Bendine. Agora se diz, em Brasília, que Val Marchiori vai vender gasolina e trocar o óleo do Bendine. Coisa chula, mas inevitável.

bendine

Por conta do empréstimo a Val Marchiori e de denúncias de seu ex-motorista, que garante que carregava “malas com dinheiro vivo”, Aldemir Bendine já está limpando as gavetas da presidência do Banco do Brasil. Cotados para o cargo: Paulo Rogério Cafarelli, secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Osmar dias vice do Crédito Agrícola, e Alexandre Abreu, vice-presidente de varejo do BB.

tval
Na foto, a paranense Val Marchiori (Valdirene) quando começou carreira em Apucarana e agora, sucesso com ajuda do Banco do Brasil

Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil e Val Marchiori foram vistos juntos em missões oficiais do banco, em Buenos Aires e no Rio, hospedados no mesmo hotel. Ele alega coincidência, enquanto seu ex-motorista garante que ia buscar Val em diversos lugares, a pedido de Bendine, agora acusado de ter facilitado empréstimo de R$ 2,7 milhões para uma empresa dela.

Bendine, casado, é um grande amigo de Val: quando ela participava de um programa de TV fazendo entrevistas, o Banco do Brasil patrocinava a compra do horário. Evaldo Ulinski, com quem Val tem dois filhos, nunca se importou com a amizade deles: tem total confiança em sua mulher que, a propósito, estava tentado junto ao BB um empréstimo para sua empresa Big Frango.